Atividades Principais
  • O III Simpósio Nacional e I Simpósio Ibero-americano de Epistemologia Qualitativa e Teoria da Subjetividade está organizado em torno de: cursos de Curta Duração pré-simpósio; Conferência Inaugural; Mesas Redondas; Grupos de Discussão Temática, nos quais estarão incluídos os trabalhos submetidos pelos participantes; Sessão de Lançamento de Livros; e Mesa de Encerramento. As Mesas Redondas e os Grupos de Discussão Temática são consideradas as atividades centrais do evento, pela sua significação e pelo caráter inovador que trazem.
Cursos de Curta Duração
  • Os cursos de Curta Duração serão oferecidos como atividades pré-simpósio. Cada curso será oferecido em um único dia, com duração prevista de 3 horas. Os cursos serão distribuídos entre os dias 4 a 8 de outubro de 2021 (para maiores detalhes, ver Programação). A participação nos cursos estará condicionado ao pagamento da taxa de inscrição do evento. Essa atividade será um espaço de aprofundamento na compreensão de aspectos centrais da Teoria da Subjetividade, da Epistemologia Qualitativa e da Metodologia Construtivo-Interpretativa, assim como dos desdobramentos desse referencial em diferentes campos de estudo, com vistas a que os participantes possam alcançar uma boa base conceitual para qualificar a participação nas atividades ao longo do Simpósio.

    A seguir, listamos as temáticas dos diferentes cursos que serão oferecidos, bem como seus propositores.
  • 1. Teoria da Subjetividade como proposta crítica: conceitos centrais e diálogo com outras perspectivas (Daniel Magalhães Goulart, Universidade de Brasília).

    2. Epistemologia Qualitativa e metodologia construtivo-interpretativa (José Fernando Patiño-Torres, Universidade Federal do Tocantins).

    3. Desenvolvimento subjetivo: sua expressão em diferentes contextos (Maristela Rossato, Universidade de Brasília).

    4. Os processos subjetivos da aprendizagem (Luciana Soares Muniz, Universidade Federal de Uberlândia).

    5. Subjetividade, criatividade e inovação (Luciana de Oliveira Campolina, Centro Universitário de Brasília).

    6. Subjetividade e deficiência no processo de inclusão escolar (Alexandra Ayach Anache/Universidade Federal do Mato Grosso do Sul e Geandra Cláudia Silva Santos/Universidade Estadual do Ceará).

    7. As teorias didáticas em diálogo com a Teoria da Subjetividade (Roberto Valdés Puentes, Universidade Federal de Uberlândia).

    8. Subjetividade, psicoterapia e saúde (Valéria Deusdará Mori, Centro Universitário de Brasília).

    9. Diagnóstico e avaliação na perspectiva da Teoria da Subjetividade (Cristina Massot Madeira Coelho, Universidade de Brasília).

    10. Subjetividade, família e Psicologia Jurídica (Vannúzia Leal Andrade Peres, Pontifícia Universidade Católica de Goiás).

    11. Aprendizagem, desenvolvimento e cultura digital: um olhar a partir da Teoria da Subjetividade (Wilsa Maria Ramos, Universidade de Brasília).

    12. Organizações, trabalho e subjetividade: desafios contemporâneos (Mariana Oliveira dos Santos, Conselho Federal de Engenharia e Agronomia).
  • Para acessar as ementas dos cursos de Curta Duração, clique aqui.
Conferência Inaugural
  • A Conferência Inaugural dará sequência à Mesa de Abertura, abrindo as atividades acadêmicas do Simpósio.

    Título: “A obra de Fernando González Rey: gênese, desenvolvimento e desafios atuais”.
    Palestrante: Albertina Mitjáns Martínez (Universidade de Brasília)
Mesas Redondas
As Mesas Redondas abordarão grandes eixos temáticos em relação aos quais o referencial tem sido desenvolvido:


  • A Teoria da Subjetividade como perspectiva crítica;

  • Os conceitos de agente e sujeito: significação e expressão em diferentes contextos;

  • A dialogicidade na perspectiva da subjetividade: sua significação para a pesquisa e para a prática profissional.
  • Cada uma delas contará com dois especialistas convidados para a discussão e ocupará uma sessão sem outras atividades paralelas, visando garantir a discussão e participação de todos. Espera-se que as reflexões promovidas nas/pelas Mesas Redondas contribuam significativamente para o trabalho dos Grupos de Discussão Temática que ocorrerão no evento.

    Tal como nas outras edições do Simpósio, em cada mesa redonda, teremos a presença de um debatedor, levantando questões, críticas e tecendo reflexões a partir do conteúdo da apresentação dos palestrantes. Vale ressaltar que a figura do debatedor não é comum nas Mesas Redondas da maioria dos eventos científicos tradicionais.

    Posteriormente à discussão entre o debatedor e os palestrantes, a palavra será aberta ao público, que poderá participar ativamente da discussão.

Grupos de Discussão Temática
Os Grupos de Discussão Temática, juntamente com as Mesas Redondas, figuram-se como as atividades centrais do Simpósio, sendo um espaço coletivo de discussão dos grandes temas que constituem 
os eixos temáticos do evento. Eles serão organizados a partir dos treze (13) eixos temáticos do Simpósio. 
Seus objetivos são:

  • Esclarecer dúvidas, desfazer equívocos e aprofundar questões conceituais;

  • Discutir as contribuições da Teoria da Subjetividade, da Epistemologia Qualitativa e da Metodologia Construtivo-Interpretativa para o tema em foco;

  • Oportunizar o debate em torno de questões conceituais, epistemológicas e metodológicas na sua expressão na pesquisa e na prática profissional;

  • Identificar e discutir problemas, dificuldades e desafios a serem enfrentados (teóricos, epistemológicos e metodológicos);

  • Propor caminhos para avançar no desenvolvimento da Teoria da Subjetividade e na Epistemologia Qualitativa.
  • Cada grupo estará coordenado por um(a) especialista em Teoria da Subjetividade e Epistemologia Qualitativa, que orientará as discussões e a produção final do trabalho do grupo. Além disso, será esse o espaço em que se compartilharão os trabalhos submetidos e aprovados como forma de favorecer a discussão do grupo sobre o tema que constitui seu foco.

    Orientações específicas sobre a participação nos Grupos de Discussão Temática podem ser encontradas no seguinte link: clique aqui.

    Também neste link, após a aprovação dos trabalhos submetidos e a devida organização dos grupos por parte da Comissão Científica do evento, adicionaremos informações sobre o título dos trabalhos, autores e resumo das apresentações para leitura prévia ao Simpósio.

Sessão de Lançamento de Livros
  • A atividade de Lançamento de Livros será coordenada por Omar Bravo (Universidad Icesi, Cali, Colômbia). Contará também com a presença especial de Marilyn Fleer (Monash University, Austrália), como editora fundadora da série “Perspectives in Cultural-Historical Research”, da qual Fernando González Rey também foi editor. Marilyn Fleer abordará a trajetória da série, apresentará o livro “Cultural-Historical and Critical Psychology: common ground, divergences and future pathways” (Springer, 2020), que ela co-organizou com Peter Jones (Sheffield Hallam University, Reino Unido) e Fernando González Rey. Também, ela apresentará o porquê de se produzir um livro em homenagem a Fernando González Rey na série: “Theory of Subjectivity from a Cultural-Historical Standpoint: González Rey’s legacy”.

    Os participantes que tiverem livros publicados em 2020 e 2021, cujos conteúdos incluam os Eixos Temáticos do Simpósio, estão convidados a inscrevê-los para a sessão de Lançamento de Livros até o dia 30 de agosto de 2021. Maiores detalhes acerca da submissão para o Lançamento de Livros podem ser encontrados na aba Inscrições.
Mesa de Encerramento do Simpósio
  • Esta será a atividade final do evento, na qual será apresentada uma síntese das principais questões levantadas pelos diversos Grupos de Discussão Temática, visando a geração de encaminhamentos futuros que possibilitem o avanço científico e profissional a partir da Teoria da Subjetividade e da Epistemologia Qualitativa.
     
    A Mesa de Encerramento terá a seguinte composição:

  • -- Albertina Mitjáns Martínez (Representante da Coordenação Geral)

    -- Daniel Magalhães Goulart (Coordenador da Comissão Organizadora)

    -- José Fernando Patiño-Torres (Coordenador da Comissão Científica)

    -- Wanda C. Rodríguez Arocho (Universidad de Puerto Rico, San Juan, Porto Rico)